Dia da Segurança do Computador

Dia da Segurança do Computador 

Utilize passwords fortes para reduzir ataques: 

    • Exemplo de password forte: Assertividade 
    • Coloque os seus limites nas relações 
    • Respeite as suas vontades, necessidades e emoções 

 Verificação regular de segurança (=de si): 

    • Como se tem sentido psicológica e fisicamente? 
    • Alguma dor ou tensão no seu corpo? 
    • Como está a sua vida? 

 Manter o computador (=o seu Ser) atualizado: 

    • Atualize as suas estruturas, substituindo padrões de funcionamento desadaptativos por outros mais adaptativos 
    • Terapia pode ajudar a fazer isso 

 Sensibilize todos à sua volta: 

    • Sensibilize-os a tomarem cuida de si próprios também. 
    • Mente e Corpo 

 Marcação de Consultas Consciência para rastreio do seu Computador (=Ser): 

912 162 474 

geral@sereviver.pt 

 Ana Sofia Santos 

#segurançacomputador #segurançadoser #mentecorpo #psicoterapia #rastreiopsicologico 

Stutz: Reflexões – Parte II

Stutz: Reflexões – Parte II 

 “Quanto pior a adversidade, maior a oportunidade. É na adversidade que se vê a expressão criativa do ser humano: quando cria algo novo perante a adversidade.”

“Ser confiante é viver com a incerteza e seguir em frente.” 

“O vencedor não é quem toma as melhores decisões ou é o melhor. O vencedor é o que faz o ciclo: é a pessoa que arrisca, age com base em alguma fé e acata as consequências.” 

“Quando acontece algo mau, posso pensar: ‘Posso aprender muito com isto e há coisas boas à volta disto.’” 

 Partilhe connosco o que acha destas reflexões! 

 Ana Sofia Santos 

#stutznetflix #saudemental #psicoterapia 

Dia Mundial do Cinema – 05 de novembro

Dia Mundial do Cinema – 05 de novembro 

Neste Dia Mundial do Cinema, sugerimos-lhe um filme: 

 Stutz

 Um filme sobre o método terapêutico do psiquiatra e psicoterapeuta Phil Stutz. Apesar de não concordarmos com tudo o que é dito no filme (por exemplo, psicoterapeutas não devem aconselhar, mas sim fornecer estratégias que demonstram eficácia), sugerimos este filme porque nos faz refletir sobre nós mesmos, dá-nos uma ideia do que pode ser um processo psicoterapêutico e fornece ainda algumas ferramentas de extrema importância. 

 Algumas reflexões deste filme: 

    • 3 focos fundamentais para quem tem humor depressivo/depressão:  
      1. Corpo: importância do exercício físico, da alimentação e do sono 
      2. Relacionamentos: tomar iniciativa na relação com os outros 
      3. Nós mesmos: entrar em contacto connosco mesmos – autoconhecimento 
    • “Melhoramos a nossa relação connosco através da escrita. Escrever é como um espelho: reflete o que vai na sua mente.”
  •  
    • 3 aspetos da realidade dos quais não podemos fugir: 
      1. Dor  
      2. Incerteza 
      3. Trabalho constante (no sentido de progresso e crescimento) 
    • Temos de aprender a amar o processo de lidar com essas 3 coisas na vida. 

  Já viu este filme? Conte-nos o que achou! 

 Ana Sofia Santos 

#stutznetflix #saudemental #psicoterapia  

Qual o tratamento para Luto Complicado?

Qual o tratamento para Luto Complicado?

A Psicoterapia pode ajudar, sendo o apoio no luto é dividido em três níveis, consoante o tempo passado desde a perda e a sintomatologia apresentada pela pessoa (Brito, 2021):

  • Nos primeiros meses após a perda, o apoio prestado deve ser maioritariamente de familiares e amigos, devendo os profissionais de saúde apenas disponibilizar informação relativamente ao processo de luto e sobre os apoios que estão disponíveis. Isto porque, como mencionado anteriormente, o luto é um processo que é natural e que deve ser vivido para integrar a perda.
  • Num segundo nível o apoio deve ser dirigido a pessoas em risco de desenvolver um luto complicado; neste caso, as pessoas podem beneficiar de apoio psicológico, nomeadamente grupos de apoio ou de autoajuda;
  • Por fim, o terceiro nível é destinado a pessoas com necessidades complexas, já com uma perturbação de complicado persistente instalada e que, por isso, precisam de apoio psicológico e psiquiátrico diferenciado.

Um profissional de saúde mental pode ajudá-lo a entender melhor como funciona o processo de luto, a lidar com a dor da perda, a integrar a sua perda e a recuperar a sua vida (Ordem dos Psicólogos Portugueses, n.d.).

Tratamento farmacológico com recurso a antidepressivos, ansiolíticos e estabilizadores de humor também são úteis (Neto & Baptista, 2019), uma vez que ajudam no reequilíbrio do seu corpo e mente. Estes medicamentos devem ser sempre prescritos pelo seu médico.

Porque integrar a perda não é esquecer a pessoa perdida ou esquecer o que se viveu…

Fontes:

Brito, M. (2021). Estado da arte da intervenção psicológica no luto no século XXI. In S. Gabriel, M. Paulino, & T. M. Baptista, Luto: Manual de Intervenção Psicológica (pp. 3-19). Pactor.

Neto, D. D., & Baptista, T. M. (2019). Psicoterapias cognitivo-comportamentais – Volume 1 – Intervenções clínicas. Edições Sílabo.

Ordem dos Psicólogos Portugueses. (n.d.). Fact sheet: Luto. https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/factsheet_luto.pdf

Ana Sofia Santos

#luto #saúdemental

Qual o tratamento para o Trauma?

Qual o tratamento para o trauma?

A Psicoterapia pode ajudá-la/o ao ter alguém com quem pode desabafar sobre o que lhe aconteceu, sem julgamento, e que a/o pode orientar a integrar o trauma e a encontrar formas saudáveis para lidar e ultrapassar a experiência traumática.

Existem várias psicoterapias que têm demonstrado eficácia em situações de trauma, nomeadamente:

  • Terapia EMDR (Eye Movement Desensitization and Reprocessing, em português Dessensibilização e Reprocessamento através do Movimento Ocular) (Baptista & Neto, 2022): a estimulação dos dois hemisférios cerebrais (esquerdo e direito) permite a integração do trauma, através do processamento da experiência e das suas memórias.
  • Hipnose Clínica (Foa et al., 2009): promove o relaxamento necessário para o confronto com as memórias traumáticas e ajuda a explorar, a integrar e a resolver essas memórias.
  • Terapia de exposição (Barnhill, 2020; Foa et al., 2009): a exposição imaginada às situações que a pessoa evita relacionadas com a situação ou à própria situação, normalmente, ajudam a integrar o trauma, havendo uma diminuição gradual do desconforto e da angústia.

Tratamento farmacológico com recurso por exemplo a antidepressivos e ansiolíticos pode ajudar a atenuar sintomatologia (Barnhill, 2020).

Fontes:

Baptista, T. M., & Neto, D. D. (2022). Psicoterapias cognitivo-comportamentais: Perturbações e grupos específicos (vol. 2). Edições Sílabo.

Barnhill, J. W. (2020, abril). Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/transtornos-psiqui%C3%A1tricos/ansiedade-e-transtornos-relacionados-a-estressores/transtorno-de-estresse-p%C3%B3s-traum%C3%A1tico-tept

Foa, E., Keane, T., Freidman, M., & Cohen, J. (2009). Effective treatments for PTSD (2nd ed.). The Guilford Press.

 

Ana Sofia Santos

#trauma #psicoterapia

Tenho uma Perturbação de Sono! Como me podem ajudar?

Tenho uma Perturbação de Sono! Como me podem ajudar?

A Farmacoterapia pode ajudar! Uma consulta com um Psiquiatra pode ajudá-lo/a com a prescrição adequada de ansiolíticos, hipnóticos e antidepressivos que ajudam a iniciar e a manter o sono e a ter menos sonolência durante o dia (American Psychiatric Association, 2020).

A Psicoterapia também pode ajudar, portanto uma consulta com um Psiquiatra ou um Psicólogo é crucial. Com a ajuda destes profissionais pode encontrar a causa da perturbação de sono e aprender estratégias para lidar com e/ou resolver a causa e para ter uma boa higiene do sono (American Psychological Association, 2020; Ordem dos Psicólogos Portugueses, 2020).

Fontes:

American Psychiatric Association. (2020, agosto). What are sleep disorders? https://www.psychiatry.org/patients-families/sleep-disorders/what-are-sleep-disorders

American Psychological Association. (2020, maio). Why sleep is important. https://www.apa.org/topics/sleep/why

Ordem dos Psicólogos Portugueses. (2020, 01 de julho). Sono saudável: Recomendações para adultos, trabalhadores e pais. https://www.ordemdospsicologos.pt/pt/noticia/2924

Ana Sofia Santos

#sono #saúdemental

Como tratar a ansiedade?

Como tratar a ansiedade?

Como abordagens principais para casos de Perturbações de Ansiedade temos a Farmacoterapia e a Psicoterapia.

A Farmacoterapia consiste num tratamento recorrendo-se à medicação. Alguns medicamentos podem ajudar em casos de Perturbações de Ansiedade ou em picos de ansiedade, tais como ansiolíticos e antidepressivos (Serviço Nacional de Saúde [SNS], 2022).

A Psicoterapia demonstra alargada eficácia nestas perturbações, sendo a abordagem terapêutica de eleição, pois ajuda o individuo a compreender como os seus pensamentos e comportamentos influenciam diretamente a forma como se sente, o que (novamente) irá influenciar como pensa e se comporta posteriormente, formando um círculo vicioso (Ordem dos Psicólogos Portugueses, 2020; SNS, 2022). Além disso, a psicoterapia ajudá-lo-á a encontrar ferramentas para lidar de forma mais saudável com a ansiedade do dia-a-dia.

 

Fontes:

Clark, D. A., & Beck, A. T. (2009). Cognitive therapy of anxiety disorders: Science and practice. The Guilford Press.

Leahy, R. L., Holland, S. I., & McGinn, L. K. (2011). Treatment plans and interventions for depression and anxiety disorders (2nd ed.). The Guilford Press.

Ordem dos Psicólogos Portugueses. (2020, 9 de novembro). Fact Sheet sobre Ansiedade. https://www.ordemdospsicologos.pt/pt/noticia/3137

Serviço Nacional de Saúde. (2022, 11 de fevereiro). Ansiedade. https://www.sns24.gov.pt/tema/saude-mental/ansiedade/

 

Ana Sofia Santos

#ansiedade #psicoterapia