Traumas

O trauma é, na realidade, uma espécie de cicatriz emocional que continua a absorver a nossa energia defensiva, para nos impedir de experimentar dor ou para nos proteger da ameaça constituída justamente pelo acontecimento traumático. Os traumas mais comuns são os traumas existenciais, que se relacionam com situações de vida e de morte (situações de catástrofe por exemplo), os traumas de perda que se relacionam com a perda de alguém com quem se mantém um vínculo psíquico muito importante para si (por exemplo perda dos pais para uma criança), os traumas de vinculação que acontece quando a necessidade de vínculo de alguém é traumatizada e a pessoa perde a capacidade de criar vínculos posteriormente, e os traumas do sistema de vinculação, onde todo o sistema familiar é afetado ou traumatizado por determinado acontecimento (por exemplo, um membro da família assassinar alguém).