Medos e fobias

O medo, num estado normal e não patológico, é importante para a sobrevivência do ser humano. A fobia é caracterizada por um medo excessivo e irracional, face a um objeto ou situação, que tende a não desaparecer e a desencadear estados de ansiedade quando expostos à situação que causa a fobia. A fobia, ao desencadear um estado de ansiedade traz consigo sintomas físicos e mentais muito desagradáveis e, portanto, numa fase mais extrema as pessoas podem começar a evitar locais, situações ou objetos com medo da exposição à situação que lhe causa a fobia, acabando por colocar em muitos casos a vida quotidiana da pessoa em questão. As fobias podem e devem ser tratadas com o acompanhamento terapêutico.